Veja quais são as principais tendências no mercado financeiro pós-pandemia

4 minutos para ler

Não há dúvidas de que a crise do novo coronavírus mudou o mundo de maneira permanente. Mesmo que a vacina seja criada em breve, ainda assim viveremos em um mundo pós-pandemia bem diferente do que o que vivíamos antes.

Isso é verdade não só na saúde e na sociedade, mas no mercado financeiro também. Afinal, a vida econômica do país foi amplamente afetada pela pandemia. Em março, a Bolsa de Valores precisou acionar o Circuit Breaker 6 vezes por causa da crise. Isso sem falar em todos os outros fatores econômicos que são afetados pela situação.

Por isso, o cenário pós-pandemia exigirá uma boa adaptação e criará uma série de tendências. Se você quer saber o que esperar do período para traçar suas estratégias, siga a leitura abaixo!

Ações a longo prazo na Bolsa de Valores

Um dos ativos que deve estar em uma carteira de investimentos no pós-pandemia são as ações negociadas na Bolsa de Valores. Antes da crise do novo coronavírus, o mercado de ações já estava em crescimento (o Ibovespa subiu mais de 30% em 2019) e com perspectivas animadoras.

É claro que a pandemia colocou um freio nisso, mas não acabou com a expectativa dos investidores. Desde o início da crise, o número de investidores na Bolsa aumentou 52%.

Além disso, é importante lembrar que a taxa Selic no valor mínimo histórico de 2% (valor no momento de escrita deste conteúdo) incentiva os investidores a deixarem os títulos de Renda Fixa para trás e dedicarem mais dinheiro à Bolsa. 

Por isso, a expectativa é de que, quando as Bolsas se acalmarem e não sejam tão voláteis quanto atualmente, as ações a longo prazo sejam uma opção lucrativa e mais protegida para quem se mantiver na Bolsa no pós-pandemia.

Crédito privado maior no pós-pandemia

A redução da taxa Selic tem função macroeconômica. Quanto menor ela for, mais barato fica o crédito no mercado, o que estimula o consumidor a fazer compras. Isso move a economia, o que é necessário nesse momento de crise.

No entanto, a taxa Selic em queda também desestimula o investimento no Tesouro Direto. Isso porque os principais títulos da Dívida Pública são pós-fixados nesse indexador.

Dito isso, as pessoas que ainda querem investir em Renda Fixa porque apresentam o perfil mais conservador, porque querem montar uma reserva de emergência ou simplesmente para diversificação da carteira, devem ir atrás de opções de crédito privado.

Lembra que a Selic baixa estimula o crédito? Isso significa que bancos e financeiras emitirão muitos CDBs, LCAs e LCIs em breve, o que será uma boa oportunidade para investidores.

Além dessas opções, os créditos privados de empresas, como debêntures, CRIs e CRAs, também são atraentes, embora mais arriscados. Para se proteger, basta optar por empresas com bastante caixa e gestão sólida.

Fundos de investimento variados

Uma opção que está sempre em destaque são os fundos de investimento variados. Eles são uma ótima alternativa para quem não sabe que estratégia tocar, especialmente em um momento de pós-pandemia.

Uma das vantagens dos fundos de investimento é o fato de que eles são muito versáteis. Existem os multimercados, os de Renda Fixa, de ações etc. São muitas opções com base no seu tipo de relação com o risco.

Uma boa alternativa é optar por um ETF (exchange-traded fund). Trata-se de um fundo com ações feito para acompanhar um determinado índice. Com isso, você pode investir na retomada do mercado em si, em vez de um ativo específico ou outro.

Independentemente dos ativos que você escolher para o pós-pandemia, é essencial que tenha a orientação de especialistas quando for investir no mercado financeiro. Isso é especialmente verdadeiro em um período um pouco mais incerto como o atual, em que não sabemos como a economia vai reagir.

É por isso que nós oferecemos uma série de serviços úteis para os investidores. Além dos cursos que ensinam os sistemas montados por Leonardo Dutra, ainda oferecemos um serviço de assinatura para quem quer acompanhar as principais oportunidades de negócio no mercado.

Quer investir com o apoio de quem tem 10 anos de experiência no mercado? Então entre em contato agora mesmo!

Posts relacionados

Deixe um comentário