operar alavancado operar alavancado

O que é operar alavancado? Confira agora mesmo

4 minutos para ler

Você já ouviu falar em operar alavancado? Sabe como funciona essa estratégia? Quem busca o sucesso no mundo dos investimentos precisa aprender a usar as ferramentas à sua disposição e, por isso, preparamos este post.

Mesmo sendo um termo amplamente debatido, muitas pessoas não entendem bem a alavancagem. Se você também tem dúvidas sobre o assunto, é hora de superá-las de uma vez por todas. Acompanhe!

O que é operar alavancado?

Operar alavancado, de forma simples e resumida, é ganhar dinheiro em cima de um dinheiro que não é seu. Pode parecer mentira, mas é o que realmente acontece.

A alavancagem se baseia no uso de recursos com o intuito de aproveitar a oportunidade de potencializar seus ganhos. Assim, como uma espécie de limite de crédito, você consegue investir uma quantia superior à que tem em conta.

Imagine que um determinado imóvel custe R$200 mil e você sabe que ele se valorizará bastante nos próximos dias. Assim, você faz um empréstimo no banco e dá uma entrada de R$10 mil. Em poucos dias, você consegue vender o imóvel por R$340 mil e já quita o financiamento com o banco.

Perceba que foi possível ganhar R$140 mil com um dinheiro que não era seu. Para isso, você apenas desembolsou a quantia de R$10 mil. Interessante, não é mesmo?

Como operar alavancado?

Como vimos, a alavancagem é uma estratégia vantajosa. Porém, precisamos destacar duas situações importantes:

  • a técnica amplia as oportunidades e, também, os riscos da operação;
  • é preciso oferecer uma margem de garantia — uma forma de demonstrar que você tem como arcar com um possível prejuízo.

Agora que você já sabe disso, é hora de conferir algumas dicas valiosas para não cometer erros e conseguir bons resultados operando alavancado. Confira!

Simule operações

As simulações são mecanismos que ajudam a entender o comportamento de um determinado ativo. Exatamente por isso, precisa fazer parte do seu cotidiano.

Lembrando que, no Day Trade — investimentos de curtíssimo prazo —, as coisas podem mudar bastante em poucos minutos. Assim, a ideia é testar sua capacidade de lidar com essa alta volatilidade e facilitar uma tomada de decisão. 

Tenha uma rotina

Investir é uma tarefa complexa, que envolve diversas questões. Além de estudar bastante e se conhecer, é fundamental ter disciplina e foco nos resultados. Por isso, nossa dica é ter uma rotina bem definida.

Adquira o hábito de acompanhar os índices internacionais, acessar blogs de investimento, se informar sobre temas relevantes e, claro, conferir diariamente seus resultados. 

Reavalie o dia anterior

Para entender o funcionamento do mercado, é válido verificar como foi o dia anterior. Essa é uma análise que vale a pena ser realizada, especialmente porque ajuda a avaliar suas próprias decisões e estratégias.

Diversifique sua carteira de investimentos

Diversificar sua carteira de investimentos o ajudará a mitigar os riscos de uma operação alavancada, além de potencializar seus resultados. Portanto, procure distribuir seus recursos em diferentes aplicações.

Sobre a redução de riscos, precisamos destacar a importância de contar com uma boa estratégia de investimento. Você deve estar pronto, inclusive, para uma possível perda de dinheiro durante o processo — o que evita prejuízos ainda maiores.

Além disso, é fundamental entender o mercado. Não invista com base em “achismos”, procure se atualizar em fontes confiáveis e conte com a ajuda de quem entende do assunto. Dessa forma, é possível alcançar resultados satisfatórios.

Entendeu o que é operar alavancado? Como vimos, vale a pena investir por esse método, principalmente porque há uma expectativa de lucros maiores. Entretanto, não podemos nos esquecer dos riscos e da importância de estar preparado para todos os cenários.

Agora que você já sabe de tudo isso, que tal aprender um pouco mais? Entenda as principais diferenças entre o Day Trade e o Swing Trade!

Posts relacionados

Deixe um comentário