Veja como é possível investir em moeda estrangeira!

3 minutos para ler

Você sabe investir em moeda estrangeira? Essa pode ser uma excelente oportunidade para que você possa diversificar os seus investimentos e aproveitar rentabilidades diferentes na sua carteira.

Entretanto, todo tipo de aplicação financeira no mercado pode ter riscos, sendo assim, investir sem conhecer bem os ativos é altamente prejudicial e pode colocar o investidor em risco de perder o seu dinheiro.

Neste artigo, apresentaremos tudo o que você precisa saber sobre o investimento em moeda estrangeira. Continue lendo!

O que são fundos cambiais?

Inicialmente, é importante saber o que são fundos cambiais. Basicamente, são modelos de investimentos que têm sua rentabilidade atrelada à variação positiva de moedas estrangeiras. Nesse sentido, eles servirão para proteger o dinheiro do investidor no caso da desvalorização do real.

Quando se trata de investir em moedas estrangeiras, os fundo cambiais são excelentes alternativas, apresentando-se como as que têm melhores rentabilidades e segurança.

Como funciona esse tipo de investimento?

Esses fundos são um tipo de aplicação coletiva, em que vários recursos são investidos em conjunto no mercado, entretanto, nesse caso, todos relacionados a moedas.

Os ganhos são divididos entre os participantes, porém, na proporção do valor depositado por cada investidor. O patrimônio do fundo é aplicado por um gestor, como ocorre em outras modalidades, sempre seguindo as políticas pré-definidas.

Assim, os fundos cambiais precisam aplicar cerca de 80% da sua carteira em ativos relacionados às moedas estrangeiras, como o dólar ou o euro.

Qual a rentabilidade esperada?

Uma das principais vantagens de investir em moedas por meio de um fundo cambial é o fato de que o investidor não precisa ficar preso a uma única moeda de um país. Afinal, esse mercado pode ter bastante volatilidade, podendo fazer o fundo perder dinheiro rapidamente e ganhar na outra ponta.

Logo, a rentabilidade costuma ser interessante. Segundo dados da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeito e de Capitais (ANBIMA), publicados no site da Infomoney, a rentabilidade dos fundos cambiais em 2019 fechou em cerca de 8,6% durante o ano de 2019, enquanto o CDI —principal indexador dos investimentos de renda fixa — foi de 4,2% no mesmo período, ou seja, a aplicação em moeda rendeu mais que o dobro dessas aplicações.

Como começar a investir nesses ativos?

Investir nesses ativos é muito simples, no entanto, você precisa avaliar alguns pontos, tais como risco, aplicação mínima exigida pelo fundo, sua performance ou benchmark, liquidez e opções de resgate.

Além disso, um detalhe muito importante a ser avaliado é o Rating, que, basicamente, é a avaliação que as agências de risco fazem de um fundo. Com essa informação, é possível saber mais sobre a segurança que eles proporcionam.

Por fim, mais importante que saber como investir em moeda estrangeira, é que você saiba planejar bem o investimento que fará, bem como os possíveis riscos que podem existir, por exemplo, a desvalorização das moedas.

Gostou deste artigo? Então, continue estudando sobre outros assuntos relacionados a investimentos e confira o post que preparamos mostrando 4 investimentos de curto prazo que você precisa conhecer.

Posts relacionados

Deixe um comentário