Listamos as principais opções de investimento para aposentadoria!

6 minutos para ler

Utilizar investimento para aposentadoria é uma ação muito inteligente para quem deseja ter toda a tranquilidade e qualidade de vida quando chegar o momento de não trabalhar mais e aproveitar a fase que dizem ser a “melhor idade”.

Investir pensando em aposentadoria garantirá uma melhor previsibilidade quanto ao tempo que você pretende trabalhar e o quanto deseja ganhar quando se aposentar, além de evitar ficar preso a um rendimento proveniente do Governo.

Pensando nisso, nós resolvemos escrever este artigo. Nele, mostraremos os principais ativos financeiros que podem ser usados na aposentadoria.

Letras de Crédito Imobiliário e do Agronegócio (LCI e LCA)

LCI e LCA são ativos emitidos por instituições financeiras e bancárias que têm por objetivo captar recursos para investir, respectivamente, no setor imobiliário e do agronegócio brasileiro. Em outras palavras, é como se você emprestasse o seu dinheiro para um banco aplicar nesses segmentos e, em troca disso, ele o remunera com um percentual de juros.

Essa rentabilidade pode variar de acordo com um indexador denominado de CDI, muito utilizado em outros títulos de renda fixa. O rendimento das LCIs e LCAs costuma girar entre 80% a 100% desse indicador.

Além da boa rentabilidade, quase sempre maior que a poupança, esse tipo de investimento possui a isenção do Imposto de Renda, o que pode ser interessante em alguns casos. Além disso, quem investe nesses ativos também tem a proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

Isso significa que se caso o banco emissor da Letra de Crédito quebrar, esse fundo indenizará o investidor em um montante máximo de até R$ 250.000,00 por CPF e por título, o que torna as LCIs e LCAs ativos muito seguros e próprios para investimentos de longo prazo com objetivo de aposentadoria.

Fundos de Investimento

Os fundos de investimento também são interessantes para quem deseja se aposentar. Eles funcionam de forma semelhante a um condomínio, em que o morador compra uma cota do mesmo que é gerenciado por um síndico que, no caso dos fundos, é o gestor, que deve cuidar dos investimentos feitos com o capital dos cotistas.

Existe uma grande variedade de fundos de investimento no mercado e vários deles podem ser utilizados para aposentadoria, pois apresentam rentabilidades muito sólidas e um risco moderado.

Além disso, um fundo de investimento proporciona acesso a ativos que dificilmente uma pessoa com capital inferior poderia adquirir. Por exemplo, um fundo imobiliário pode adquirir shopping centers e receber aluguel dos lojistas e repassar para os cotistas de acordo com a sua participação no capital.

Dificilmente uma pessoa sozinha conseguiria construir todo esse empreendimento para obter esses ganhos e, além disso, deveria arcar com todo o risco e administração do negócio, o que não acontece no fundo de investimento.

Entretanto, como se trata de um investimento de renda variável, é importante sempre acompanhar a rentabilidade do fundo e buscar diversificar os ativos financeiros para reduzir os riscos.

Tesouro Direto

O Tesouro Direto também é amplamente utilizado para a finalidade de aposentadoria. No próprio portal do ativo na internet é possível fazer simulações colocando esse objetivo em específico.

Mas, afinal, o que é o Tesouro Direto? Basicamente, é um título de dívida pública emitido pelo Governo Federal para angariar recursos que serão utilizados por ele para as mais diversas finalidades, sejam elas sociais ou estruturais. Em outras palavras, ao investir em um título desse tipo você estará emprestando dinheiro para o país.

Além da rentabilidade interessante, o que mais chama a atenção nessa modalidade de investimentos é a segurança. Afinal, o Tesouro Direto é um título emitido pelo Governo Federal Brasileiro e, mesmo com tantas instabilidades econômicas que vivenciamos em nosso país nos últimos anos, dificilmente teremos um “calote” por parte dele.

Portanto, os títulos públicos do Tesouro Direto, sem dúvidas, são uma grande oportunidade de investimentos pensando no longo prazo e, consequentemente, na aposentadoria.

Dividendos

Os dividendos podem ser conceituados como os lucros obtidos por uma empresa e divididos entre os seus acionistas, além de serem utilizados como investimento para aposentadoria. Basicamente, o investidor adquire ações de empresas que distribuem seus lucros e pode se manter posicionado nessa operação por longos anos até construir um bom capital.

Existem pessoas que permanecem comprados em empresas por longos anos, passando pelas décadas e aproveitando todo a valorização da entidade e a distribuição promovida nesses períodos.

Para finalidades de aposentadoria, é interessante reinvestir o dividendo recebido, aumentando a sua participação na companhia e, consequentemente, o valor das distribuições recebidas periodicamente.

Previdência Privada

Como você pode perceber, existem vários tipos de investimento para aposentadoria, entretanto, muitos conhecem um em especial que também é uma excelente modalidade para quem busca essa finalidade.

A previdência privada é encontrada em diversos tipos de planos, entretanto, os mais comuns são o Vida Gerador de Benefício Livre (VGBL) e o Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL). Cada um deles tem particularidades, benefícios e desvantagens muito específicos e você precisa estudar bem sobre esses pontos antes de adquirir um título.

O mais importante de tudo o que foi mencionado até agora é a definição de objetivos e identificação das necessidades e a realidade da pessoa no momento. O seu plano de aposentadoria deve ser elaborado observando esses critérios para que, efetivamente, possa ser benéfico no futuro.

A grande vantagem de utilizar investimento para aposentadoria é que com o passar dos anos você pode melhorar seus aportes, aumentando o capital aplicado e garantindo mais recursos financeiros para manter a sua qualidade de vida no futuro. Ou seja, não é necessário ficar preso a um plano específico, tampouco utilizar uma única modalidade de ativo para garantir a aposentadoria.

Por fim, podemos concluir que utilizar investimento para aposentadoria não é nenhum bicho de sete cabeças, desde que você faça um planejamento adequado à sua realidade e objetivos financeiros e, principalmente, inicie o quanto antes, independentemente da idade que tem atualmente.

Gostou das dicas que demos neste artigo? Então, siga-nos em nossas redes sociais para ficar por dentro de todas as novidades que postarmos a partir de hoje. Estamos no Facebook, Instagram e YouTube.

Posts relacionados

Deixe um comentário